quarta-feira, 28 de abril de 2010

Decisão


Apenas um homem acabou com todos os seus planos de fama e vitória.
O goleiro.

4 comentários:

Lunetta disse...

golaço de poema..

Jorge dos Santos disse...

grande (!) idéia: coisas minimilistas. frente a imenso blabla da net, pouco caracteres é a paz. ótimo blog.
abraços

jorge

Silvio Vasconcellos disse...

Ação e reação!

Altamirando Macedo disse...

Pela pequenês dos planos.
Tentasse outros tentos.