segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Fractais



De fragmento em fragmento, percebeu-se a unidade.

Com muita satisfação, comunico o lançamento do livro FRACTAIS

Agradeço a todos que apoiaram essa ideia e que, de uma forma ou outra, fazem parte dessa história.

Interessados, contatar: silvio@conexo.com.br
valor R$ 30,00 + despesas postais

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

sábado, 11 de dezembro de 2010

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

IMAGINE




Ele imaginou e cantou um mundo de paz para todos.

Mas a fúria dos perversos resolveu calá-lo.

Aconteceu em dezembro.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Sorrir...

Fonte: Google

A principal realização

A fundamental conquista

Era, simplesmente.

Sorrir

terça-feira, 30 de novembro de 2010

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Noches calientes en soledad




Pelas frestas da janela, o luar lhe despe. A brisa não basta para refrescar-lhe o desejo; os sons que vagam na sombra são sussurros lânguidos a eriçar-lhe a pele.

Transmutação



Uns disseram que ela havia morrido afogada. Outros juraram que a viram se transformar numa gaivota.

A verdade é que uma linda ave sobrevoava a ilha desde que Marina sumiu.

sábado, 27 de novembro de 2010

Game Ove'? *

 imagem daqui

VIVA A PAZ! Facção boazinha p'omete não ocupa' o espaço deixado pela facção malvada após inte'venção das fo'ças a'madas.

____________________________
*também nos ecos do exílio

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Alívio

Adorava os feriados para sair, tomar sol, comer, beber.
Odiava a volta, os engarrafamentos, a chuva, os acidentes, a tranqueira.

Nessa hora só a certeza de voltar para a rotina o aliviava.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Mundo Cão



“Não era ninguém, só um mendigo”, disseram os três rapazes aos policiais que foram embora, levando 100 reais enquanto o homem ainda ardia.


sábado, 20 de novembro de 2010

Lagarto terrível (II)

 Imagem daqui
 
O humano parecia surpreso em me ver ali.

_______________________________________________
*Série em homenagem a Augusto Monterroso (1921-2003),
 que, entre outras coisas, foi precursor dos microcontos atuais.
 Alguns textos dele podem ser lidos aqui.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Preso em si



Suas asas recolhidas não cabiam mais no paletó. Mesmo assim voltava de metrô e voava na imaginação.

domingo, 14 de novembro de 2010

~


a ca sa

à boca da casa inclinada

cantava o penhasco

o silêncio esca

la

va



sábado, 13 de novembro de 2010

lagarto terrível* (I)

imagem daqui

Ao acordar, sentiu falta do dinossauro: e agora?


_____________________________________________________
*Série em homenagem a Augusto Monterroso (1921-2003),
 que, entre outras coisas, foi precursor dos microcontos atuais.
 Alguns textos dele podem ser
lidos aqui.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Mercadoria


Em dias de frio sua mãe faturava o dobro...


sábado, 6 de novembro de 2010

...contra o vento...


Imagem de divulgação (retirada daqui)



Nem lembrava da última vez em que tinha andado sem chaves nos bolsos.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Se viver verão



Nas noites que prenunciam o verão, em que o vento cansado se recusa a correr, senta-se na varanda procurando estrelas cadentes. Entretem-se entre o silêncio e as lembranças da infância à beira-mar, até que a brisa do passado lhe mande dormir.