segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Carne-aval


Não importava que se chamasse Pierre, no resto do tempo.

No baile, seria a Dama das Camélias.

3 comentários:

Lathife Cordeiro {..aquela} disse...

No baile a gente pode ser o que quiser.

bjs :*

Lathife Cordeiro {..aquela} disse...

ps. deveríamos bailar mais, né?!

Silvio Vasconcellos disse...

Pierre, Pierrô, Colombina das Camélias.