segunda-feira, 15 de junho de 2009

A hora


Iria de carro.

Afligia-se só em pensar em aviões, helicópteros ou qualquer outra coisa grande que voasse.

Na estrada deserta, mal deu tempo de escutar o ronco e o farol gigantesco no retrovisor.

4 comentários:

heretico disse...

já vi parecido no meu cinema de bairro...

* hemisfério norte disse...

pois....

eu prefiro o avião ao carro

:)

bj
a.

rosamar disse...

realmente hemisferio, ha muito mais acidentes de carro...

mas o conto está interessante só confirma q se pode contar em poucas palavras uma grande história.

Beatriz Marassi disse...

Obrigada pelo comentário. (:
Fico realmente muito grata, pela consideração. Esperamos um dia que todos exerção mudanças. Beijos, adoro seus textos.