segunda-feira, 27 de julho de 2009

GPS


Gostava de apoiar os braços na janela e ver a vida passar. Sabia de tudo na vizinhança. Perguntavam-lhe onde alguém estava e ela sempre sabia. Apelidaram-lhe de dona Google.

4 comentários:

Alejandro Ramírez disse...

GPS, con el título es suficiente. Intento imaginar y hay muchas mujeres como esas en nuestras ciudades.

Un saludo.

*Raíssa disse...

Isso é que é falta do que fazer. Mas o apelido caiu-lhe como uma luva.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Hemisfériozinha

Muito bem bolado, como dizem os brasucas. Curtinho mas muito benfeitinho. Os meus mais sinceros parabéns. Uma Senhora dessas não se procura: encontra-se.

Espero por ti, de novo, lá na Travessa e pela tua inscrição como (per)seguidora - eu acabo de o fazer aqui, logo, amor com amor se paga.

E, já agora, informa os teus correligionários internéticos. Kittos.

Qjs

* hemisfério norte disse...

lamento q o meu amigo Henrique tenha pensado que este post era meu, nada que eu não tenha já esclarecido via electronica. :)
-
Silvio, vc me fez rir imenso.
gostei
:)
bj
a.