segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Mundo Cão



“Não era ninguém, só um mendigo”, disseram os três rapazes aos policiais que foram embora, levando 100 reais enquanto o homem ainda ardia.


4 comentários:

MariaIvone disse...

A verdade nua e crua!

J.R. Lima disse...

ninguém é ninguém:
um dia, ou a vida ou a morte, uma das duas a todos iguala.

Silvio Vasconcellos disse...

Antes fosse um mundo cão...

LuCordeiro: disse...

Acho que tem razão,Sílvio.Eu deveria ter dado o título de "Inominável",mas na hora não me ocorreu.
Kd vc,amigo?Tão quieto! Tudo bem?
bjosss