segunda-feira, 30 de maio de 2011

Saltos



Tropeçou. Parecia não ter sido tão desastroso. Equilibrou-se, mas o salto 15 se foi. Um pé no alto e outro para o alto. Não fosse o sorriso dele a apoiá-la, casaria noutra ocasião.

4 comentários:

Angela disse...

é bom sentir o apoio de alguém que tem humor!

Angela disse...

Silvio, a imagem deste seu conto sumiu.
O que está havendo com este blogger?
sabe?

Silvio Vasconcellos disse...

Oi, Ângela.
Obrigasdo por avisar.
Às vezes, isso acontece com o Blogger... Postei novamente. Vamos ver se vinga! rsss

LuCordeiro, disse...

Isso que é um salto para a morte!