sexta-feira, 11 de novembro de 2011

fábrica d`espelhos

~

















o espelho clamava estrebuchava tremia


[ já em cacos


o espelho


amortecia ]


~

8 comentários:

Angela disse...

Muito bom. Talvez ela nem coubesse no espelho, mas com tantas cores...será que ele desistiu por tanta exuberância?

~pi disse...

suponho que se possa ter desmantelado

ou então se terá
transformado em caleidoscópio

( abraÇo, Ângela!





~

Angela disse...

Que bela imagem! tornar-se um caleidoscópio!

Olhar... disse...

Que maldade meninas!!!
;)

Olhar... disse...

Ou um caleidoscópio ''tecendo amor''

~pi disse...

sim, caleidoscópio de cor e amor.
o seu olhar distinto e directo ao espelho fotográfico :-)
e o que se lhe seguiu, sentou-se num banco, apenas isso - a olhar o mundo de domingo pela tarde, que passava nas ruas de Granada.


( abraÇo, Olhar






~

Rayuela disse...

un
espejo que
no
quiere ver
(tal vez?)


beso*

~pi disse...

um espelho flutuante, decerto :-)

beijos*