sábado, 29 de agosto de 2009

ausência crônica

imagem daqui

Era como se estivesse sempre em outro lugar.
No espelho, custava a ver o próprio rosto, como se o buscasse numa fotografia antiga.

6 comentários:

Babi M.S. disse...

Dorian Gray?

Saramar disse...

E, não nos vemos todos assim, em algum momento?
Apenas, ao tentar descrever este momento, perdemo-nos sempre, como neste espelho.

beijos, boa semana para você.

Mariah disse...

muitas vezes quero ir entrar para o mundo que existe dentro do espelho...e ser vista como reflexo...sem criatividade!

heretico disse...

espelho meu... espelho meu!

Silvio Vasconcellos disse...

Me achei!

* hemisfério norte disse...

gostei muito, rod
bj
a.