quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

No ônibus


Ela furtiva lia meu Quintana.
Sentia seu coração batendo forte no meu braço, só não sabia se era por ele ou por mim.

7 comentários:

Silvio Vasconcellos disse...

Leituras roubadas emocionam quem furta e quem é furtado...

Mariah disse...

talvez por Vinícius...

Lucão disse...

Isso foi um flerte literário! eu apostaria!
rs

Francisco Jamess disse...

muito bom =]

LuCordeiro disse...

Sei não,mas eu ficaria agoniada se algo assim acontecesse comigo.

Paco * disse...

Que lindooooooooo

Estefani disse...

Ah pra ganhar créditos ele até poderia recitar pra ela não é?

Beijo
Estefani