domingo, 30 de janeiro de 2011

Verão


Passeia pela calçada chupando picolé. De repente, vê uma barata passando rapidamente. “Está com calor e sozinha também.”

Convidado de domingo:
Dudu Oliva

2 comentários:

Angela disse...

Que bom Você estar aqui !
Baratas são presença obrigatória no verão. Deixou pingar um pouquinho de sorvete para esta solitária?

LuCordeiro, disse...

Eu não conseguiria ter um pensamento tão solidário. Preferiria acabar com a solidão dela mandando-a de encontro às suas antepassadas que há muito esticaram as patinhas... Vixi!
Mas gostei muito da criatividade deste conto.Parabéns! Tb tenho um conto,só que extenso,onde a personagem principal é uma barata.É um conto de amor.Quem gosta de escrever inventa cada uma! Mas tem coisa melhor do que ser bancar deus e dar vida a pessoas,lugares e situações? Criar um universo à imagem e semelhança de quem somos e do que sentimos é uma das coisas mais gratificantes da vida.