segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

De volta


A luz, que dela emanava, ocultava a multidão e na sala de desembarque só ela ele via. Conteve o ímpeto de invadir a lugar e abraçá-la: aguardaria a eternidade que cabe num minuto de saudade.

4 comentários:

Angela disse...

Tão delicado e apaixonante!

Hanah disse...

Belissimo !!!

April disse...

só eu para entender da tal forma exata que quis expressar. amo você, pai.

choco disse...

o foco de luz só ilumina quem vamos buscar