domingo, 16 de novembro de 2008



~






dentro do fora

( tronco nu

hera-ber ço

chama-amo ra





13 comentários:

Leila Saads disse...

Gostei das cores ;)

/t. disse...

<3

heretico disse...

gostei de te (re)descobrir...

gosto da chama de amo ras. nos lábios...

beijo

Camarada Choco disse...

Divulgação

Onde estavam os adolescentes no 25 de Abril?

“Na Terra do Comandante Guélas”

António Miguel Brochado de Miranda
Papiro Editora

Papelaria “Bulhosa” Oeiras Parque, Papelarias “Bulhosa”, FNAC ou www.livrosnet.com

Filmes de Apresentação no “Youtube” em “Comandante Guélas”

www.camaradachoco.blogspot.com

Silvio Vasconcellos disse...

Quanta poesia em palavra partidas. Idas de sentido, chegadas de sentimento. Magia.

SMA disse...

Dentro fora
fecho e abro [me]
a alguem
que chamo amora
.
.
.
bjo doce

Sabrina Sanfelice disse...

Hummm... amora lembra minha infância. Meus pés roxos de andar embaixo das árvores, as quais fazia de casa e dormia tranquila em seus "braços" enormes.

Quanta saudade! Linda imagem, metalinguagem...

* hemisfério norte disse...

era amor a
hera

Anônimo disse...

entroncação

legivel disse...

... tronco (nu) com vista para uma janela amo rosa

beijo

*Raíssa disse...

Rá é meu apelido :P

andorinha disse...

Então estás aqui... dentro. Ramo de hera ou amor(a).

Ana disse...

Mini comentário. Gostei. Como é hábito.