domingo, 12 de abril de 2009



~






mesmo os castelos mais altos
me parecem berços

e as nuvens ventos


e o mar rio imenso
( o amor ~
basti-dor-sem-linha
tropel-sem-cavalo
.




[ castelo de mogadouro abril 09

5 comentários:

Everaldo Ygor disse...

Um belo e sono poema...
Com o movimento do mar.
Abraços
Everaldo Ygor

Silvio Vasconcellos disse...

O que seria do poeta sem suas metáforas, sem ver cor no vento, cheiro no céu ou sabor em tempestades?

entre dentes disse...

gostei!(1):)

acho que não. (2):)

com pontuação!:)

Afranio do Amaral disse...

O mar río inmenso?
Nao era do mar só a ilha?
Lindo castelo para ter nascido, para ser berce.

João Menéres disse...

MOGADOURO com um céu de sonho!