domingo, 21 de dezembro de 2008





~



( o tal

boca rasg-ada: ar-esta-pedra

(rasg-ada boca de ar-sem-ai s


[[ je t´aim-e: te qui-ero: amo-te-te-te

- vem cá ((sou um mal-abarista (v-also

sou: sou: in-suflável: in-ex-pugnável!

-destas-in-ertes-ar-estas-

-letra-tua-grua-r-este-fr-esta-lá-



9 comentários:

Sabrina Sanfelice disse...

Névoa misteriosa, que da imagem nos provoca... Em português, em inglês (haze), o peso de suas sílabas numa metalinguagem invejável... me chama, me chama, me chama.

Su disse...

te
-
te

jocas maradas

Ana disse...

Minimínimo... Feliz Natal. Máximo... todo o ano. Sempre.

entre dentes disse...

gruta de névoa vaga

andorinha disse...

Dizer Amor . Em todas as línguas. De todas as formas.
Um beijo com votos de bom natal.

Anônimo disse...

E eu a ti.
Bom Natal.

* hemisfério norte disse...

pela fresta te leio

bj
a.

Angel disse...

Quando queremos até conseguimos ler no espaço de cada palavras...nas entrelinhas de cada uma...basta querermos.

Beijos.

Angel disse...

Quando queremos até conseguimos ler no espaço de cada palavras...nas entrelinhas de cada uma...basta querermos.

Beijos.