quinta-feira, 24 de abril de 2008

as meias cor de rosa


imagem do google

.

A fábrica enganou-se e não colocou calcanhares nas meias cor de rosa
A menina passou a andar em bicos de pés.
Chegou a ser par de Barishnikov.

.
.

15 comentários:

Sílvio disse...

Tornar problemas em soluções, lágrimas em magia, meias furadas em passos de dança. Só mesmo o talento é capaz de, em 200 caracteres, iniciar em fábrica e terminar em Baryshnikov.

detesto anonimos! disse...

como somos da mesma idade, eu até poderia ter sido par de Barishnikov só q eu nao tinha meias cor de rosa...nem azuis... nem amarelas...andava descalça

oooO
(....).... Oooo....
.\..(.....(.....)...
..\_)..... )../....
.......... (_/.....

oooO
(....).... Oooo....
.\..(.....(.....)...
..\_)..... )../....
.......... (_/...

Leila Saads disse...

Um belo engano da fábrica...

Até!

Ká. disse...

O engano de fábrica que eu mais apóio...

Bjs

nj.marabuto disse...

e não seria a felicidade feita de acasos afortunados?

bjos

Ricardo Rayol disse...

grande sacada

Everaldo Ygor disse...

Olá...
A.
Gosto muito do que você escreve, mas dessa vez, você tocou, tocou na harpa da criação...
Parabéns!
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

Jean Rocha disse...

Quisera eu ter esse poder de síntese, a precisão cirúrgica no uso das palavras.
Perfeito, parabéns pelo blog!

(acabo de botar, no meu blog, um link para cá)

Abraços!

Anônimo disse...

E pensar que a pobre operária quase foi demitida .. mal sabia seu patrão que aquele erro de fabrico propiciaria o surgimento de uma estrela da dança .. a vida tem dessas coisas .. por isso mesmo eu a continuo achando muito interessante .. um beijo grande meu .. guto leite
www.chutandoobardi.blogger.com.br

Anônimo disse...

E pensar que a pobre operária quase foi demitida .. mal sabia seu patrão que aquele erro de fabrico propiciaria o surgimento de uma estrela da dança .. a vida tem dessas coisas .. por isso mesmo eu a continuo achando muito interessante .. um beijo grande meu .. guto leite
www.chutandoobardi.blogger.com.br

Tiago disse...

Realmente o poder de sintese desta historia esta extraordinario, faz me voar até ao palco mais proximo.

Beijos Grandes

Baudolino disse...

E, um dia, descansou. E viu que era bom.
Abraço
P.

Emely disse...

E assim Bailamos Operarios...
Paz e Ventos dançantes***

Pedro disse...

Há males que vem para o bem.

Yara disse...

E a poesia dançou, leve, nas pontas dos pés, vestida de cor-de-rosa...

Coisa linda isso aqui...