quinta-feira, 10 de abril de 2008

uma questão de timing

gears of time, by michael naples
.
.
O médico deu-lhe 24 horas de vida.
Ela parou o relógio e foi viajar.
.

8 comentários:

Elcio disse...

adoro o estilo minimista.
quem sabe um dia eu consiga algo...rsss
adorei sua dica.
estarei aqui + xs.
super bj

O Profeta disse...

Hoje não vou falar de amor
Hoje tenho saudade de canções
De uma voz perdida no tempo
Que me ensinou o sonho, as emoções

Hoje senti saudades da minha rua
Da casa fria e quente da ternura
Do cheiro a lenha, pão amassado
Dos abraços tidos de forma tão pura


Hoje convido-te a saberes um pouco de mim

Bom fim de semana



Abraço

Jacinta disse...

Caramba!
om deamis. Eu levaria muitas palavras para dizer tudo isso aqui. Melhor mesmo é viver enquanto há vida. Da morte, temos certeza.
Um abração e obrigada por me convidar a visitar o seu espaço.
Jacinta

Anônimo disse...

espero ter mais de 24 h de vida...
mas às vezes dá-me vontade mesmo de parar o relógio e...claro...ir viajar!

Lyber disse...

Boa ideia, acho que vou fazer isso a meio de um exame.

Oliver Pickwick disse...

Este, de minimalista mesmo, só o pequeno texto. É imenso na criatividade, no non-sense e na fina ironia.
Um beijo!

Chuvinha disse...

O tempo não pode ser marcado.Ele sim, deixa marcas.

Tiago disse...

Exprimentei fazer isso a meio de um exame e afinal não deu. Bolas !