terça-feira, 15 de abril de 2008

park güel

photo google




sempre irrequieto, o pequeno Gaudi empoleirou-se no armário para pegar a caixa das bolachas.
a loiça caiu toda e partiu-se.
para disfarçar foi colá-la nos bancos do jardim.



.

9 comentários:

Everaldo Ygor disse...

Olá...
Sempre irriquieta, Hemisfério Norte, continua contando suas pequenas/grandes histórias de forma muito bela...
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

Sílvio disse...

A arte é o acaso reinventado.

ÓTIMO!

Tiago disse...

Se o Gaudi que era espanhol, conseguiu pegar nos cacos e fazer confortaveis bancos de jardim, nós tambem podemos fazer o mesmo com os cacos da nossa alma.

detesto anonimos! disse...

estou COMPLETAMENTE de acordo com o tiago.

se for preciso eu dou uma ajuda a colar.

em contrapartida os meus cacos estao DIFICEIS de colar.

kisses

Betho Sides disse...

Ola ANA querida e amada "Madrinha", ele fez dos cacos diversas obras e essa é uma das mais lindas, talvez, não tão linda como vc , com certeza bonita. beijos

nj.marabuto disse...

não seria a vida essa tautológica bricolage?

gostei daqui! me lembra que preciso trabalhar mais a virtude da concisão em meus textos.

beijos

Chuvinha disse...

A junção dos cacos podem criar maravilhas ou reunir somente as cicatrizes.

~pi disse...

:) perfeito!!

Camilinha disse...

Adoro os caquinhos de Gaudi!!!

beijos daqui...