sábado, 7 de junho de 2008

estranheza

Imagem produzida pelo autor

De repente, o sol entrou pela janela e tudo estava em seu lugar, como se nada tivesse acontecido.

Não sabia o quê, mas algo havia.

A sensação durou até o fim de sua longa vida.


6 comentários:

Pedro disse...

"Há muito mais entre o céu e a terra que a nossa vã filosofia consegue imaginar."

* hemisfério norte disse...

recordações que o tempo jamais apagará.
-
é assim que de repente nos sentimos no tempo anterior.
-
bom texto - melhor imagem.
bjs
a.

J. disse...

Parabéns pela ideia, 200 caracteres podem contar tudo!

Ricardo Rayol disse...

não sei se captei, vou ter que matutasr mais

PALAVRAS&POESIAS disse...

Rodolfo, este substituiria com encômio o que mandastes para a Revista Veredas, na minha avaliação.
Abraço da Ana Mello.

Silvio Vasconcellos disse...

E a vida passa quando lhe damos passagem... Possa com ou sem poeira, com ou sem paisagem, com ou sem destino. Passa. Passa.