terça-feira, 20 de maio de 2008

infância roubada

imagem google


trocou o tecto da casa pelo chão da rua.
vendeu-se. inalou. roubou.
olhar vago, num sem futuro.
primeiro o pai, depois o tio, o garçon, o taxista e o turista.
mundo cão. mundo hipócrita. mundo podre.


.

17 comentários:

Sílvio disse...

Quando o ser humano tem qualidades, facilmente pode transformar em defeitos.
O Brasil, esteriotipado mundo a fora como um país sensual, hoje é rota permanente de tarados estrangeiros, além de exportar prostituição para a Europa.
O que era doce, virou lascivo, o que era sensual virou transtorno sexual.
Como é possível escrever algo tão duro com tão poucas letras?

PALAVRAS&POESIAS disse...

Oi Ana!
Já passou para ler a Revista Veredas:
http://www.veredas.art.br
Quer participar?Teus minis são muito bons.
Abraço da Ana Mello.

Ricardo Rayol disse...

sombrio, muito sombrio.

Leila Saads disse...

Nem tudo é tão podre, ainda dá pra tentar mudar e provar que algumas laranjas ruins não estragam o cesto todo.

Beijos!

Pedro disse...

Uma pena que não deixemos mais as crianças serem crianças.

Anônimo disse...

Fala ai caríssima Ana .. de nada adianta minha amiga tamparmos o sol com a peneira .. fazer de conta ou achar que são poucas as laranjas podres dentro da cesta .. talvez por morar numa grande cidade como é o Rio de Janeiro eu possa falar melhor sobre esse problema .. esta aqui na cara de todo mundo .. e a cada dia que passa só faz crescer o numero de crianças se prostituindo nas esquinas de Copacabana .. mas como a principal atividade dessa cidade é o turismo .. as autoridades fazem vista grossa .. não importa se mais da metade dos turistas só vem aqui pra praticarem suas taras sexuais .. o que importa de verdade são os dólares ou mesmo os euros que eles deixam aqui .. as autoridades estão cagando e andando pra esse estado de coisas .. eu tenho pena dessa infância que esta sendo perdida .. um entristecido beijo meu .. guto leite
www.chutandoobardi.blogger.com.br

Anônimo disse...

Fala ai caríssima Ana .. de nada adianta minha amiga tamparmos o sol com a peneira .. fazer de conta ou achar que são poucas as laranjas podres dentro da cesta .. talvez por morar numa grande cidade como é o Rio de Janeiro eu possa falar melhor sobre esse problema .. esta aqui na cara de todo mundo .. e a cada dia que passa só faz crescer o numero de crianças se prostituindo nas esquinas de Copacabana .. mas como a principal atividade dessa cidade é o turismo .. as autoridades fazem vista grossa .. não importa se mais da metade dos turistas só vem aqui pra praticarem suas taras sexuais .. o que importa de verdade são os dólares ou mesmo os euros que eles deixam aqui .. as autoridades estão cagando e andando pra esse estado de coisas .. eu tenho pena dessa infância que esta sendo perdida .. um entristecido beijo meu .. guto leite
www.chutandoobardi.blogger.com.br

Rodolfo disse...

Pois é, masi fáicl se acomodar, como já tinha te dito... Uns fingem que não vêem, outros fingem que não fazem e, de fato, nada muda, ou muda devagar demais. POrque "o mundo é assim mesmo" e "os poderosos estão ganhando $$ com isso" e "eles podem mudar, ms não mudam" e "eu não posso afzer nada sozinho"... discursos conformistas para encobrir a hipocrisia, a comodação e a omissão.

DO disse...

Vim conferir,ANA. Um pedido seu é uma ordem

Beijos!!

Satine disse...

Mundo podre. (ponto) !

Tiago disse...

Bom, não tenho palavras.
Este minimo está muito bem conseguido, consegues em 5 estrofes descrever o sofrimento de toda a vida, destas crianças cuja infancia foi roubada sem perdão por aqueles que dela se aproveitaram.

Beijocas e continua

un dress disse...

... no words...








beijO

Delirium disse...

mundo podre... e ponto.

Yara disse...

É preciso roubar deles, supostos donos, o mundo de volta.

Pra botar a criança daqui no jogo de futebol da postagem anterior. Em seu devido tempo e espaço.

Vinícius Aguiar disse...

Podre... mas com jeito... há esperança e depende de cada um de nós!

Camilinha disse...

Infância roubada...

... adolescência amaldiçoada...


vida ao pedaços...


beijos daqui...

Everaldo Ygor disse...

Olá...
Sim - A. Eles estão lá, e nem sempre enxergamos... A infância deles, e a nossa, perdidas, miopes, distantes, e sem a solução para a exploração... Governos e politicos miopes, e a população apatica. Situação terrivel e angustiante essa...
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/