terça-feira, 6 de maio de 2008

oculta infelicidade

Picasso - imagem google



da janela sorria falsamente para todos os que passavam.
quando estava só ficava de baixo astral.
tinha a felicidade de castigo, pois esta excedera-se numa festa.



.

9 comentários:

Sílvio Vasconcellos disse...

Quem nunca teve seu "dia seguinte" que atire o primeiro sorriso!

DO disse...

Ah,mas isto não pode,ANA.A FELICIDADE pode tudo.... SEMPRE!!

Beijão!!

Ricardo Rayol disse...

bem feito pra ela

Yara disse...

Abrir esta janela minimínima é sempre coisa boa.

Uma felicidade de castigo, uma infelicidade sorridente.

Aquela que às vezes carregamos nos dentes...

Volto. Abro sem medo, para me encontrar. Maximamente.

Leila Saads disse...

Ah, essa felicidade precisa pular essa janela e sair desse castigo - e quem sabe procurar uma outra festa para se exceder em paz.

Beijos! =**

~pi disse...

excedera se de azul :)

Everaldo Ygor disse...

Olá...
Sorrir, uma dádiva...
Sorrir para as letras, para as artes, enlouquecendo nas festas das palavras e na imagem de Picasso...
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

Pedro disse...

Que triste colocar a felicidade de castigo.

Anônimo disse...

Pode parar com isso menina .. que papo careta é esse de colocar a felicidade de castigo .. teu vizinho aqui do hemisfério sul não concorda nem um pouco com esse seu discurso .. um alegre beijo meu.. guto leite
Obs: Quero vê-la sorrir, quero vê-la transbordar de felicidade .. não viemos a essa vida pra sermos tristes!!!!!!!!!!!
www.chutandoobardi.blogger.com.br